Entrevistas

Lente, Velocidade e Iso-Como regular a velocidade da captação de sua imagem?

Escrito por Paixão Câmeras

Lente, Velocidade e Iso – Como regular a velocidade da

captação de sua imagem?

Com Alexandre Campos

Em continuidade a trilogia de entrevistas com Alexandre Campos, que aborda de forma didática os temas: Lente, velocidade e Iso, chegou a vez de compreender um pouco mais sobre a velocidade usada em sua câmera.

Segundo Alexandre, quando falamos em velocidade na fotografia, vem logo a lembrança de corrida de formula 1, com as imagens impressionantes dos carros de corrida, em alta velocidade, praticamente, congelados, quando fotografados a mais de 300 Km por hora. Para que isso aconteça, é necessário uma câmera, com recursos profissionais, e este recurso se chama OBTURADOR, um sistema que regula a velocidade da captação das imagens, da entrada de luz através da abertura das janelas do diafragma, com exposições rápidas ou longas.

Entendendo melhor através desta tabela.

tabela-de-compensacao-blog-paixao-cameras-rj

Diafragma – f5.6

Velocidade – v60

 

obturador-de-camera-analogica-blog-paixao-cameras-rj

Obturador de câmera analógica.

 

Esta tabela funciona como uma lei de reciprocidade, quando ajustamos a exposição conforme a abertura do diafragma e a velocidade do obturador.

Mas aí surge a pergunta?  Por que falar tanto em diafragma? Porque segundo Alexandre é aquele que regula a entrada de luz, e controla a nitidez de planos da foto, da profundidade de campo, daí o termo prioridade da abertura do diafragma, pois sem o auxílio do diafragma, de nada serve utilizar o obturador.

Parece simples? Nem tanto! Conforme a tabela de compensação acima, Alexandre explica que é necessário utilizar a reciprocidade, para  obter imagens excelentes, com compensações  exatas entre obturador e o diafragma.  O obturador atua como controlador de velocidade, do tempo de exposição à luz, que o sensor, chamado de CCD – Dispositivo de Carga Acoplada, que captura as imagens e as transformam em pixels que anteriormente, era a exposição sobre a camada do filme (analógico).

Com essas combinações, chega-se ao resultado tirada por ele exemplo abaixo:

alexandre-campos-blog-paixao-cameras-rj

Foto: Alexandre Campos – Arnoldo Classic – Rio Centro – Barra RJ. Abril 2016.

Ou então, nesta fotografia abaixo…

1alexandre-campos-blog-paixao-cameras-rj

Foto: Alexandre Campos – Flamengo e Botofafogo – Maracanã – 23 /10/2013.

Mas é claro, imagens assim dependem também de uma boa lente, por isso que a entrevista está dividida em três temas para que cada um esteja devidamente detalhado.

A seguir, ISO, a última parte da trilogia (lente, velocidade e Iso).

 

 

 

 

Sobre o autor

Paixão Câmeras

Deixe um comentário